12/01/2015

A Anatel está revendo os dados do mercado 4G de agosto até dezembro e, por isso, não divulgou, na semana passada, os números relativos à tecnologia. Os últimos percentuais válidos são o de julho, quando a tecnologia chegou a 3,67 milhões de acessos.

Os números de M2M também não estão sendo divulgados pelo órgão regulador. Não há previsão para a divulgação da nova base de acessos ativos na tecnologia.

Pelos números divulgados na semana passada, em novembro, o Brasil tinha 280,43 milhões de linhas ativas, o que significa um aumento de 1,12 milhão em relação ao mês anterior. Os acessos pré-pagos totalizavam 213,52 milhões (76,13% do total) e os pós-pagos, 66,95 milhões (23,87%).

Segundo ainda os dados, de junho para julho, os acessos 2G - GSM - diminuíram aproximadamente 4 milhões, enquanto que o 3G cresceu os mesmos 4 milhões, chegando a 122.570.194. A Vivo manteve a liderança do mercado em novembro, com 28,61% (frente a 28,63% em outubro), enquanto TIM ficou em segundo, com 26,83% (26,91%). A Claro, do grupo América Móvil, manteve a terceira posição com 25,14% (25,08%) e em quarto, a Oi, com 18,37% (18,36%).

Fonte: Convergência Digital